quinta-feira, 29 de maio de 2014

Mensagem do dia 29/05/2014

Mensagem Fernando Pessoa
       
“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Mensagem do dia 22-05-2014


Ser Feliz

"Ser Feliz é encontrar força no perdão, esperanças nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. É agradecer a Deus a cada minuto pelo milagre da vida." 

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Mensagem do Dia - 21/05/2014


Mensagem
"Não Tenha medo da mudança. Ela assusta, mas poderá ser a chave daquela porta que você tanto almeja entrar."

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Dica Folia Festa o filme - Up Altas Aventuras


Sinopse:
Quando jovem, Carl sempre gostou de aventuras. Fã do desbravador Charles Muntz, ele deseja também explorar o mundo a bordo de um balão, principalmente depois de conhecer Ellie, uma garota que compartilha dos mesmos sonhos dele. Apaixonados, os dois se casam e constroem uma vida juntos. Com dificuldades para terem seu primeiro filho, que nunca veio, e constantes problemas financeiros, o casal adia seus sonhos de conhecer a América do Sul, até que ficam velhos e Ellie falece. Ranzinza e rabugento, Carl se torna o oposto daquilo que esperava para si. Querendo apenas passar o resto de seus dias na casa em que viveu com a amada, ele é surpreendido por um empreendimento imobiliário que quer derrubar a residência. Para não acabar em um asilo, e sem nada a perder, Carl amarra milhares de balões na casa, que sai voando para que ele, enfim, viva Altas Aventuras. Porém, o homem não contava com Russell, um escoteiro que estava escondido por lá. Apegado à modernidade e precisando ajudar algum idoso para ganhar uma medalha, o menino mudará a forma de Carl enxergar o mundo. 
capa do filme Up  Altas Aventuras
Up - Altas Aventuras é o primeiro filme da Disney / Pixar feito originalmente em terceira dimensão. Com direção de Pete Docter, o mesmo de Monstros S.A., o filme foi lançado mundialmente em maio, durante o Festival de Cannes, quando se tornou a primeira animação, além da primeira obra em 3D, a abrir o evento. Alguns brasileiros chegaram a comparar a história do longa com o caso do padre do sul do país que desapareceu enquanto voava amarrado em balões. Durante o Festival de Cannes, os realizadores chegaram a afirmar que não havia nenhuma relação e que desconheciam a história. O longa venceu melhor animação e melhor trilha sonora no Oscar 2010.
cenas do filme Up  Altas Aventurascenas do filme Up  Altas Aventurascenas do filme Up  Altas Aventuras

Frejat - Túnel do Tempo - YouTube

Assista ao clip do Frejat que retrata de uma forma divertida e simples o significado de saudade e fala de reencontro.


terça-feira, 6 de maio de 2014

Trava-língua

Desafio das antigas, 
Tente ler rápido todas as frases, repetindo varias vezes e sem errar.
Trava Língua
 Trava Língua


A rosa perguntou à rosa qual era a rosa mais rosa.
A rosa respondeu para a rosa que a rosa mais rosa era a rosa cor de rosa.


É crocogrilo? É cocodrilo?
É cocrodilo? É cocodilho?

É corcodilho? É crocrodilo?
É crocodilho? É corcrodilo?
É cocordilo? É Jacaré?
Será que ninguém acerta
o nome do crocodilo mané?


O peito do pé de Pedro é preto.
É preto o peito do pé de Pedro.

Pedro tem o peito do pé, preto.
Quem tem o pé do peito preto, é Pedro!

O sapo Sabino sabia da sua saborosa sopa.
O Sapo Sapudo só sabia que o Sapo Sabino sabia.
O Sapo Sabino não sabia que o Sapo Sapudo sabia que ele sabia. A saborosa sopa suculenta tinha até polenta!


O tempo perguntou pro tempo
quanto tempo o tempo tem.

O tempo respondeu pro tempo
que o tempo tem tanto tempo
quanto tempo o tempo tem.


A aranha arranha a rã.
A rã arranha a aranha.

Nem a aranha arranha a rã.
Nem a rã arranha a aranha.


O rato roeu a roupa do rei de Roma,
O rato roeu a roupa do rei da Rússia,

O rato roeu o rabo do rodovalho...
O rato roer roía.
E a Rosa Rita Ramalho
Do rato a roer se ria!


O sapo no saco
Olha o sapo dentro do saco,

o saco com o sapo dentro,
o sapo batendo papo
e o papo soltando vento.


Qual é o doce que é mais doce que o doce de bata doce?
Respondi que o doce que é mais doce que o doce de batata doce é o doce que é feito com o doce do doce de batata doce.


A lingüa lângüida,
lambe a seiva da boca.

Cada lambida líquida,
saliva o sulco salino e seca
o suco sugado, saboroso e salgado!


Disseram que na minha rua tem paralelepípedo feito de paralelogramos.
Seis paralelogramos tem um paralelepípedo.

Mil paralelepípedos tem uma paralelepipedovia.
Uma paralelepipedovia tem mil paralelogramos.
Então uma paralelepipedovia é uma paralelogramolândia?


Tecelão tece o tecido
Em sete sedas de Sião

Tem sido a seda tecida
Na sorte do tecelão


Feijão, melão, pinhão, mamão.
Meijão, malão, feinhão, pimão.

Pijão, feilão, manhão, memão.
Majão, pilão, menhão, feimão.


Olha o sapo dentro do saco,
o saco com o sapo dentro,

o sapo batendo papo
e o papo soltando vento.


Esta casa está ladrilhada, quem a desenladrilhará ?
O desenladrilhador.

O desenladrilhador que a desenladrilhar, bom desenladrilhador será ! !


Debaixo daquela pia tem um pinto.
Toda vez que a pia pinga, o pinto pia.

Quanto mais a pia pinga, mais o pinto pia.


Um grego é gago, outro grogue é gagá.
Tem um grego gagá e um grogue gago.

Tem também grogue e um gago gagá.


No cume daquele morro
Tem uma cobra enrodilhada

Quem a cobra desenrodilhá
Bom desenrodilhadô será.


A sábia não sabia
que o sábio sabia

que o sabiá sabia
que o sábio não sabia
que o sabiá não sabia
que a sábia não sabia que o sabiá sabia assobiar.


Quem cocoricou
Cocoricou o cocoricó

Quem não cocoricou o cocoricó
Que cocoricasse o cocoricó

O tico-tico é amigo do Tico e do Téco.
O Tico gosta mais do tico-tico e o Téco mais do Tico.
Com o tico-tico, Tico e Téco tudo dá certo!

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Sugestões de Livros para crianças, educadores e pais.

gif
Sugestões de livros para literatura infantil. 



capa do livro coisa boa “Coisa Boa”
Nessa história em forma de poesia, um menino conta as coisas boas vividas num dia no campo: de acordar, ainda lembrando dos sonhos mágicos e sentindo o cheirinho do café, passando por divertidas e inusitadas brincadeiras, em meio à natureza, e terminando de noitinha, no colo da vovó, com uma história que só ela sabe contar.
Autora: Sônia Barros
Ilustração: Elisabeth Teixeira
Editora Moderna

capa do livro brincadeira de criança          
 “Brincadeira de Criança”

De maneira bem divertida, o livro mostra que separar as brincadeiras para meninas e meninos é coisa do passado. Com ilustrações bem divertidas, a publicação traz o dia de uma turma que gosta de se divertir de várias maneiras.
Autora: Anna Claudia Ramos
Editora Larousse Júnior




capa do livro brincadeira de todos os tempos “Brincadeiras de Todos os Tempos”
Bambolê, bolinha de gude e mais um monte de brincadeiras clássicas fazem e fizeram parte do cotidiano de crianças e seus vovôs, como mostram as histórias contadas no livro.
Autora: Anna Claudia Ramos
Editora Larousse Júnior



capa do livro Barangandão Arco-Íris
“Barangandão Arco-Íris"
Guia prático sobre a fabricação de 36 brinquedos criados por meninas e meninos, que fizeram parte da vida de muitos adultos, incluindo o autor. O manual é fruto de uma pesquisa de dez anos realizada pelo interior de Minas Gerais e da Bahia.
Autor: Adelsin
Editora Peirópolis




capa do livro Brincando na Escola


 “Brincando na Escola”

Escola é lugar para se divertir? Claro que sim! Nas histórias contadas no livro, os personagens se reúnem com os amigos para estudar e brincar bastante.
Autora: Anna Claudia Ramos
Editora Larousse Júnior




capa do livro Brincar de Verdade“Brincar de Verdade”
Com poesia, o livro resgata 11 brincadeiras marcantes da infância, com regras e variações: adivinhação, berlinda, balanço, bola, corda, esconde-esconde, labirinto, passa-anel, pião, pipa e roda. Com CD de músicas.
Autora: Marta D. Martins
Ilustrações: Jandira Lorenz
Editora Cuca Fresca

capa do livro Coisas Maravilhosas para Aprender, Fazer e se Divertir
“Coisas Maravilhosas para Aprender, Fazer e se Divertir”

Tocar violão, costurar uma saia, confeccionar um caderno artesanal, promover uma festa do sorvete. A proposta desse livro é dar um chega pra lá no tédio e descobrir o prazer do fazer, já que tempo livre é o maior dos tesouros.
Autora: Rosemary Davidson
Ilustração: Natacha Ledwidge
Editora Globo



capa do livro Desvendério - Quem Conta um Conto Omite um Ponto e Aumenta Três
“Desvendério - Quem Conta um Conto Omite um Ponto e Aumenta Três”
Com uma literatura divertida, o livro tenta desvendar mistérios escondidos em fábulas encontradas nos capítulos "O Nome da Fruta",
"Pescaria", "Palavramiga" e "A Minha Infância (foi mais ou menos assim?)".
Autor: Francisco Marques (Chico dos Bonecos)
Editora Peirópolis

capa do livro Dia de Chuva“Dia de Chuva”
Um dia de chuva pode deixar muita gente entediada, mas não quem tem passagem livre pelo mundo do faz de conta. Nessa história, as almofadas viram as costas dos elefantes; a mesa da sala, uma cabana na floresta; as cadeiras, pontes que atravessam um abismo.
Autora: Ana Maria Machado
Ilustração: Nelson Cruz
Editora Salamandra


capa do livro Em Busca da Cidade Perdida
“Em Busca da Cidade Perdida”

Decifrar enigmas, percorrendo labirintos e usando códigos. Quem descobrir as cinco pistas vai se surpreender com o final da história da cidade perdida nas profundezas de uma floresta, habitada por macacos guerreiros prontos a atacar quem se aproximar.
Autores: A.J. Woods e Jen Green
Ilustrações: Maggie Downer
Editora Brinque Book


capa do livro Enrosca ou Desenrosca?
“Enrosca ou Desenrosca?"
Na primeira parte, as adivinhas são um desafio para encontrar sentidos ocultos por trás das palavras, que nos dão pistas, mas, ao mesmo tempo, confundem e enganam. Na segunda, os trava-línguas fazem nossa língua tropeçar, e as palavras, se embaraçarem.
Autoras: Maria José Nóbrega e Rosane Pamplona
Ilustrações: Marcelo Cipis
Editora Moderna



capa do livro Galeio - Antologia Poética para Crianças e Adultos
“Galeio - Antologia Poética para Crianças e Adultos”
A partir da divertida palavra "galeio", que significa "requebro", o livro brinca com as palavras e constrói os chamados poemas-brincadeiras.
Autor: Francisco Marques (Chico dos Bonecos)
Editora Peirópolis


capa do livro Inventa-Desventa
“Inventa-Desventa”
Inventa-desventa é a brincadeira favorita de Pedrinho. Quando está sozinho com seus brinquedos espalhados pelo quarto, ele escolhe, espalha, desencaixa, destroca e inventa uma porção de novos brinquedos: com massinha ou desenhando, um carrinho sem roda e um boneco sem pé se transformam em um boneco de roda e um carrinho com pé; uma aranha sem teia e uma menina sem trança viram uma menina de teia e uma aranha de trança.
Autora: Marta Lagarta
Ilustrações: Guto Lins
Editora FTD


capa do livro Jogo Jogado
“Jogo Jogado”
Em forma de poesia, o livro mostra como os jogos são parecidos com as nossas vidas.
Autora: Regina Rennó
Editora Mercuryo Jovem






capa do livro Meu Pião
“Meu Pião”
O texto poético tem como enfoque a brincadeira de um menino com o pião, o brinquedo que sempre gira.
Autora: Denise Roachel
Editora Formato/Saraiva






capa do livro 1.000 Jogos para Seus Filhos“1.000 Jogos para Seus Filhos”
Em 352 páginas, a obra traz mil maneiras de se divertir ao ar livre e em ambientes fechados. As brincadeiras, para quem tem de seis a 12 anos, são acompanhadas de regras e ilustrações.
Seleções Reader's Digest



capa do livro Muitos Dedos: Enredos
“Muitos Dedos: Enredos”
Literatura que mistura peça de teatro, de rádio e muitas histórias. Acompanha um CD.
Autor: Francisco Marques (Chico dos Bonecos)
Editora Peirópolis



capa do livro Na Rua do Sabão
“Na Rua do Sabão”
"Cai cai balão/Cai cai balão/Na rua do Sabão!(...)/Levou tempo para criar fôlego/Bambeava, tremia todo e mudava de cor/A molecada da rua do Sabão/Gritava com maldade: Cai cai balão"
A partir desse refrão popular dos anos 1920, Manuel Bandeira, o consagrado poeta do Recife que soube tão bem captar os aspectos mais simples do cotidiano, leva-nos à rua do Sabão e reaviva uma forte recordação da infância: a imagem do balão subindo para muito longe. E caindo.
Autor: Manuel Bandeira
Ilustrações: Odilon Moraes
                                   Editora Global


capa do livro “O Boi-de-Mamão
“O Boi-de-Mamão”
Dona Bentinha relembra assombrações, bruxas e causos contados pelas rendeiras, pelos pescadores e por outros contadores de histórias para passar aos leitores um pouco dessa tradição popular herdada dos imigrantes açorianos: ela narra uma das brincadeiras mais tradicionais de Florianópolis, o boi-de-mamão, com seus personagens típicos, como a Bernúcia e a Maricota.
Autor: Rogério Andrade Barbosa
Ilustração: Regina Yolanda
Editora FTD

capa do livro O Livro das Garotas Audaciosas
“O Livro das Garotas Audaciosas”
Verdadeira enciclopédia, ensina até a montar uma casa na árvore. O livro possui vários tópicos que incentivam o saber e a independência das meninas.
Autoras: Andrea J. Buchanan e Miriam Peskowitz
Editora Record



capa do livro O Livro Perigoso para Garotos
“O Livro Perigoso para Garotos”
Manual prático e diversificado de como fabricar carrinhos, de livros que não podem faltar nas bibliotecas, sobre dicas de gramática entre outras coisas bem interessantes.
Autores: Conn e Hall Iggulden
Editora Globo



capa do livro O Maravilhoso Livro das Meninas
“O Maravilhoso Livro das Meninas”
Com dicas sobre filmes, perfumes, moda, festas e comidinhas, o livro aborda vários aspectos que fazem parte do universo das meninas.
Autoras: Rosemary Davidson e Sarah Vine
Editora Globo



capa do livro O Pião
“O Pião”
Das brincadeiras da infância, a de pião ficou marcada na memória no poeta paulista, que a traduziu em versos: "A mão firme e ligeira/puxou com força a fieira:/e o pião/fez uma elipse tonta/no ar e fincou a ponta/no chão".
Autor: Guilherme de Almeida
Ilustrações: Lélis
Editora Global



capa do livro Perde-Ganha
“Perde-Ganha”
Texto poético sobre jogos populares e tradicionais, como escravos de jó e telefone sem fio.
Autora: Ângela Leite de Souza
Editora Lê



capa do livro Pêra, Uva ou Maçã?
“Pêra, Uva ou Maçã?"
Nos poemas, o menino viaja nas asas de sua pipa; a moça volta a ser menina com a boneca nos braços; e uma ilha misteriosa está ao alcance de todos nós -bem debaixo da nossa cama!
Autora: Roseana Murray
Ilustrações: Ana Raquel
Editora Scipione


capa do livro Quintais
“Quintais”
Lugar de magia, mistério e aventura, para as crianças o quintal pode ser qualquer lugar: a rua sem saída, um cantinho do condomínio, a garagem, a casa do vizinho. O importante é brincar.
Autora: Cris Tavares
Ilustrações: Ana Terra
Editora Salesiana


capa do livro Rima ou Combina?
“Rima ou Combina?”
Versos brincantes exploram semelhanças e diferenças entre o significado das palavras e seus sons, em quatro poemas: Voa ou não voa?; Rima ou combina? Caroço ou semente? e Pelo ou Cabelo.
Autora: Marta Lagarta
Ilustrações: Suppa
Editora Ática



capa do livro Rodas e Brincadeira Cantadas
“Rodas e Brincadeira Cantadas”
Quer aprender canções de roda? Neste livro, há uma relação de muitas delas, como a do Saci, gavião e catira do passarinho.
Organização: Jacqueline Baumgartz
Edição: Cia. Cultural Bola de Meia



capa do livro Tudo Pode Ser Brinquedo
“Tudo Pode Ser Brinquedo”
Com muita poesia, o livro ensina a fazer cata-ventos, brinquedos de barbante e até uma pipa.
Autora: Ângela Leite de Souza
Editora Lê





capa do livro m Pequeno Tratado de Brinquedos para Meninos Quietos
“Um Pequeno Tratado de Brinquedos para Meninos Quietos”
Com muitos poemas-brinquedos, o livro narra de maneira lúdica o universo de meninos quietos do sertão de Minas Gerais, região com inspiração do escritor brasileiro João Guimarães Rosa.
Autora: Selma Maria
Editora Peirópolis



capa do livro Viva Eu, Viva Tu, Viva o Rabo do Tatu!
“Viva Eu, Viva Tu, Viva o Rabo do Tatu!”
Com um texto divertido, o livro brinca com as palavras, no melhor estilo trava-língua, e conta as histórias em forma de poesia.
Autora: Lenice Gomes
Ilustrações: André Neves
Editora Cortez






Mensagem do livro O Pequeno Príncipe